Quando consultar um médico para a perda de memória?

            Quando consultar um médico para a perda de memória?

Deve-se consultar um médico quando os lapsos de memória se tornarem freqüentes e/ou perceptíveis o suficiente para preocupar você ou um membro da família. Se você chegar a esse ponto, marque uma consulta o mais rápido possível para realizar uma avaliação da sua memória. Mesmo que você não esteja apresentando todos os sintomas necessários para indicar demência, este pode ser um bom momento para tomar medidas que impeçam o agravamento do problema .

O médico pode avaliar seus fatores de risco pessoais e sintomas, eliminar as causas reversíveis de perda de memória e ajudá-lo a obter os cuidados adequados. O diagnóstico precoce pode tratar causas reversíveis de perda de memória, diminuir o declínio na demência vascular ou melhorar a qualidade de vida na Doença de Alzheimer ou outros tipos de demência.

O médico irá lhe fazer muitas perguntas sobre sua memória, incluindo:

  • Quanto tempo você ou outras pessoas têm notado um problema com a sua memória?
  • Que tipo de coisas têm sido difíceis para lembrar?
  • A dificuldade veio gradualmente ou de repente?
  • Você está tendo problemas para fazer coisas comuns?

O médico também vai querer saber quais os medicamentos que você está tomando, como estão a sua alimentação e seu sono, se você está deprimido ou estressado ultimamente, além de outras perguntas sobre o que está acontecendo em sua vida. Provavelmente o médico também pedirá para que você ou o seu acompanhante mantenha controle dos sintomas e retorne em alguns meses. Se o seu problema de memória precisa de mais avaliação, o seu médico poderá enviá-lo para um neuropsicólogo.

O seu médico pode encaminhá-lo para um especialista, como um:

Neurologista - especializado em doenças do cérebro e do sistema nervoso

Geriatra - especializado no cuidado de adultos mais velhos e doença de Alzheimer

Psiquiatra - especializado em distúrbios que afetam o humor ou a forma como a mente funciona

Psicólogo/Neuropsicólogo – especializado em testes de memória e outras funções mentais

 

VOCÊ ESTÁ PREOCUPADO?

Obter um diagnóstico rápido, além dos cuidados adequados, é importante.

Se você está preocupado que sua memória, ou com alguém que você conhece, está piorando ou começando a afetar seu dia-a-dia, é imprescindível falar com o seu médico de confiança ou entre em contato conosco.

Oferecemos testes de memória, avançados, precisos e totalmente computadorizados. Entre em contato, explique seus sintomas e nós lhe ofereceremos nosso feedback.

Se você tem mais que 50 anos, procure ajuda se você:

  • Tem dificuldade para se lembrar de fatos recentes, mesmo que sua memória do passado esteja boa;
  • Acha que é difícil acompanhar conversas ou programas de televisão;
  • Começar a repetir para você mesmo(a) o que tem que fazer com maior frequência ou se perder em sua linha de pensamento;
  • Tem dificuldade em fazer tarefas rotineiras (por exemplo, manejar suas finanças, seguir uma receita ou fazer compras de supermercado);
  • Observar que as outras pessoas estão comentando sobre o seu esquecimento;

O mais importante, se você perceber qualquer alteração do seu funcionamento normal, é importante que você converse com seu médico sobre as mudanças específicas que está enfrentando. Estas informações são de extrema importância para um diagnóstico precoce.