Compensando a perda de memória

            Compensando a perda de memória

As mesmas práticas que contribuem para o envelhecimento saudável e vitalidade física também contribuem para uma memória saudável. Assim, tomando medidas, com antecedência, para prevenir o declínio cognitivo, você também estará melhorando todos os outros aspectos da sua vida.

idosos no brasilAs pessoas que não são socialmente engajadas com a família e amigos estão em maior risco de problemas de memória do que as pessoas que têm fortes laços sociais; interação social face-a-face de qualidade pode reduzir muito o stress e é terapeuticamente poderoso para o cérebro, então programar um tempo com os amigos, participar de um clube de livro, ou visitar o centro sênior local pode ser interessantes. E não se esqueça de colocar o seu celular afastado e se concentrar totalmente nas pessoas com que você está, se você quiser o benefício completo para seu cérebro.
transtorno comprometimento cognitivo leve CCL avaliacao neuropsicologica cognitiva 80O exercício regular aumenta os fatores de crescimento do cérebro e estimula o desenvolvimento de novas células cerebrais, além de reduzir o risco de doenças que levam à perda de memória, tais como diabetes e doenças cardiovasculares; o exercício também faz a diferença na gestão de stress e alívio da ansiedade e depressão, o que leva a um cérebro saudável.

Fumar aumenta o risco de doenças vasculares, que podem causar derrame, e contraem as artérias que fornecem oxigênio para o cérebro.
O cortisol, hormônio do estresse, danifica o cérebro ao longo do tempo e pode levar a problemas de memória; mas mesmo antes que isso aconteça, estresse ou ansiedade podem causar dificuldades de memória momentâneas; quando você está estressado ou ansioso, há mais propensão a sofrer lapsos de memória e ter dificuldade de aprendizagem ou de concentração.
O sono é necessário para a consolidação da memória e para o processo de formação e armazenamento de novas lembranças para que você possa recuperá-las mais tarde; a privação de sono reduz o crescimento de novos neurônios no hipocampo e causa problemas de memória, concentração e tomada de decisões, além de até mesmo te levar a depressão (outra assassina de memória).
transtorno comprometimento cognitivo leve CCL 10Comer muitas frutas e legumes e beber chá verde, alimentos abundantes em antioxidantes, podem evitar que suas células cerebrais enferrujam; os alimentos ricos em gorduras omega-3 (como salmão, atum, truta, nozes e linhaça) são particularmente bons para o seu cérebro e memória; comer muitas calorias, porém, pode aumentar o risco de desenvolvimento de perda de memória ou déficit cognitivo; dê a seu cérebro de um treino.