Deficiência Intelectual: principais características, sintomas e tratamento

Deficiência Intelectual: principais características, sintomas e tratamento (09 de abril de 2021)

 

O Transtorno de Desenvolvimento Intelectual ou então Deficiência Intelectual por muito tempo foi encarado de forma bastante pejorativa. Principalmente em razão de falta de conhecimento sobre o tema. Mas, assim como qualquer outro distúrbio mental, a deficiência intelectual precisa de atenção e cuidados específicos para garantir que o paciente consiga conviver bem com o problema.

Ficou curioso e deseja saber mais sobre o assunto? Então, continue lendo esse post e descubra mais sobre o transtorno de desenvolvimento intelectual, seus sintomas, como tratar e também como prevenir esse problema. Confira!

 

Deficiência intelectual - O que é

A Deficiência Intelectual é um transtorno que se caracteriza por um conjunto de limitações das habilidades mentais como um todo, afetando principalmente áreas do cérebro relacionadas à inteligência, raciocínio lógico, resolução de problemas e planejamento. Pessoas com essa deficiência têm um nível de QI (Quociente de Inteligência) aproximado de 75 ou menos.

Sua incidência é maior entre os homens. Além disso, em países com índices de pobreza mais elevados a taxa de ocorrência é quase duas vezes maior que em relação ao chamadas países desenvolvidos e com renda maior.

 

Principais sintomas

O funcionamento intelectual de pessoas com Deficiência Intelectual é inferior e limitado. Além disso, este transtorno pode ser identificado a partir da presença de dificuldade no desenvolvimento de pelo menos duas das seguintes atividades:

  • Gestão e planejamento da vida própria, o que inclui cuidados pessoas, organização financeira, responsabilidades do trabalho, organização de tarefas escolares e controle do próprio comportamento;
  • Comunicação, seja escrita ou verbal;
  • Relacionadas à linguagem, leitura, interpretação de texto, memória, raciocínio lógico e matemática;
  • Que envolvam relações com outras pessoas e sentimentos correlatos, como empatia, julgamento social, altruísmo, entre outros.

Tratamento para deficiência intelectual

É importante ter em mente que a Deficiência Intelectual não é uma doença, mas uma limitação. Comumente pessoas com essa deficiência aparentam ter uma idade inferior àquela que realmente possuem.

São necessários cuidados e acompanhamentos médicos constantes, além de estímulos e terapia com psicólogos, fonoaudiólogos e terapeutas ocupacionais.

Existem, inclusive, instituições que promovem avaliações, assim como terapias neurocognitivas, no sentido de identificar a raiz do problema e, com isso, estabelecer a melhor abordagem terapêutica visando diminuir o impacto do problema na qualidade de vida do paciente.

 

Prevenção

As chances de desenvolvimento da deficiência dependem de muitos fatores, como:

  • Genético;
  • Cuidados durante a gestação;
  • Ambiente familiar saudável;
  • Cuidados com a saúde da mãe durante a gravidez.

Existem alguns cuidados que se pode tomar a fim de evitar a deficiência intelectual, dos quais podemos citar:

  • Procurar por atendimento especializado antes de engravidar em casos de histórico familiar com a deficiência;
  • Acompanhamento pré-natal para identificação, bem como tratamento precoce de infecções;
  • Alimentação saudável da mãe durante a gravidez e evitar o consumo de cigarro, tabaco e outras drogas;
  • Fazer o teste do pezinho imediatamente logo após o nascimento, que detecta a fenilcetonúria, assim como o hipotireoidismo congênito. Se não houver tratamento imediato, esses problemas podem levar ao desenvolvimento da deficiência;
  • Cumprir as recomendações de vacinas.

 

 

Como pode perceber, a Deficiência Intelectual é um transtorno que se pode evitar. E, quando diagnosticado, existem tratamentos que proporcionam qualidade de vida à pessoa, razão pela qual ter acompanhamento profissional sempre é o melhor caminho ao bem-estar.

https://www.avaliacoesneuropsicologicas.com/

https://medicaltecnica.com.br

Comments are closed.