Alzheimer e a Demência tem diferença?

Alzheimer e a Demência tem diferença? (13 de outubro de 2020)

 

Quando se fala em Alzheimer e a Demência, muitas pessoas acham que se trata da mesma condição clínica. Contudo pensar dessa forma é um erro.

Ainda que ambos os transtornos compartilham de vários sintomas, essas condições devem ser analisadas e tratadas de modo distinto.

E para que não cometa o erro de confundir os dois quadros, trouxemos nesse post tudo o que você precisa saber para conseguir diferenciar a Demência do Alzheimer. Confira!

 

O que é Demência?

A demência, ou transtorno neuro cognitivo maior, corresponde a uma classe de doenças composta por mais de 150 tipos, sendo que uma delas é o Alzheimer. Ou seja, a demência não é uma doença especifica.

Esse problema geralmente ocorre quando há alterações nas funções cognitivas de uma pessoa, como falhas na comunicação, orientação espacial, linguagem, capacidade motora e sensorial. E essas alterações acabam, de alguma forma, comprometendo a sua rotina e qualidade de vida.

Como o maior fator de risco para Demência é a idade, esse problema é comum em idosos. E quanto antes o diagnostico for definido nesse caso é melhor, pois assim é possível reduzir os efeitos da demência no dia a dia do paciente e de sua família.

 

O que é Alzheimer?

O Alzheimer é um tipo de demência que gera sintomas como perda de memória e dificuldade para armazenar informações recentes. Além disso, pessoas com esse distúrbio também apresentam dificuldade com linguagem e desorientação espacial.

Geralmente, o que faz uma pessoa confundir os dois, é alta incidência dos casos de Alzheimer em pessoas idosas.

Só para ter uma ideia, de acordo com dados da Alzheimer’s Association, quase 80% de pessoas com Demência tem a doença de Alzheimer.

E segundo a estimativa da Associação Brasileira de Alzheimer, até 2050, cerca de 115,4 milhões de pessoas terão a doença.

 

O que diferencia Alzheimer e a Demência?

Basicamente, um dos principais recursos que ajuda a diferenciar o Alzheimer e a Demência ainda é o diagnóstico.

E para se chegar até ele nem sempre é fácil. Esse é um processo onde o médico realiza uma série de exames de imagem e avaliações neuropsicológicas visando obter o máximo de informações possíveis.

Além disso, também é necessário a participação ativa de outros profissionais como psicólogos, fisioterapeutas entre outros, para conseguir determinar um diagnóstico preciso.

E vale lembrar que essa é uma etapa muito importante, pois além de determinar se o que uma pessoa tem é Alzheimer ou Demência, pelo diagnóstico é possível traçar a melhor forma de tratamento que dará ao paciente uma melhor qualidade de vida.

E então, esclareceu suas dúvidas sobre Alzheimer e a demência? Caso esteja apresentando algum dos sintomas indicativos de Alzheimer ou demência, procure um médico e faça uma avaliação neuropsicológica.

  

A Medical Tecnica é uma empresa especializada em: 1) baterias avançadas de avaliações neuropsicológicas computadorizadas para detectar deficiências cognitivas relacionadas à idade, AlzheimerTDAH, dislexia, depressão, Parkinson, discalculia, etc. 2) programas de treinamento, reabilitação e estimulação para queixas de memória. Solicite uma apresentação.

Comments are closed.