A terapia cognitivo comportamental em mulheres grávidas reduz o estresse e melhorar o humor

A terapia cognitivo comportamental em mulheres grávidas reduz o estresse e melhorar o humor (30 de março de 2021)

 

O número de gestantes que passam por momentos de ansiedade, aflição, estresse e mau-humor, vem aumentando, principalmente pelo contexto em que grande parte delas está inserida, com muitas responsabilidades e tarefas diárias para lidar. Mas, estudos têm revelado que terapia cognitivo comportamental em mulheres grávidas pode reduzir o estresse e melhorar o humor.

Continue lendo esse post e entenda mais sobre o assunto!

 

Projeto Mães e Bebês

Um projeto nacional, nos Estados Unidos, chamado "Mães e Bebês" mobilizou profissionais de saúde para que fizessem o atendimento domiciliar de mulheres grávidas de baixa renda. Deste projeto, foram extraídos e analisados dados que basearam um estudo sobre a utilização de terapia cognitivas comportamentais para redução de estresse das gestantes.

O projeto tem como objetivo ajudar as novas mulheres grávidas e novas mães a enfrentarem a nova realidade com menos estresse e mais humor, contudo, em razão da pandemia, as consultas presenciais, nas casas das pacientes, não foi mais possível, de modo que as terapias tiveram que passar a ser on-line.

A ajuda remota foi massivamente bem aceita pelo público, especialmente diante dos medos e ansiedades gerados pelas preocupações advindas do Covid-19, além daquelas que naturalmente surgem com a gravidez e a rotina de cuidados de um recém nascido.

De acordo com os parâmetros observados pelos profissionais que participaram do projeto nacional "Mães e Bebês", a terapia cognitivo comportamental em mulheres grávidas foi bem recepcionada, inclusive em ambientes virtuais. Isso se dá, também, pela informalidade do tratamento, já que as pacientes não estão lidando com pessoas que carregam o estigma de serem profissionais de saúde mental.

 

Estudos sobre como a terapia cognitivo comportamental em mulheres grávidas

Observando a eficácia da terapia cognitivo-comportamental em mulheres grávidas, foi desenvolvido e publicado um artigo na revista "Archives of Women's Mental Health" em 03 de março deste ano.

Esse foi o primeiro estudo sobre o tema que envolve uma ação preventiva sobre a depressão pós-parto, já que os demais artigos sempre focaram nas intervenções após a sua ocorrência.

A terapia não só se mostrou eficaz na prevenção da doença, bem como trouxe à tona a necessidade de profissionais que não sejam da área da saúde mental atuando também nessa área, já que os chamados para profissionais são menos formais e, por isso, fazem com que as pacientes se sintam mais confortáveis.

Além disso, o treinamento e supervisão dos para profissionais resolve a carência de profissionais da área de saúde mental em muitas comunidades, que acabavam por ficar sem atendimento especializado.

Não bastasse, a atuação desses profissionais também mitiga os gastos associados às intervenções futuras relacionadas à depressão pós-parto, ou seja, são várias as vantagens da aplicação da terapia cognitivo-comportamental em mulheres grávidas como forma de prevenção da depressão pós-parto, proporcionando atendimento a um número maior de pessoas e evitando o desenvolvimento da doença.

 

 

Medical Tecnica é especialista em avaliação e reabilitação de problemas de memória e concentração em crianças e adultos. Nossos sistemas avançados de avaliações neuropsicológicas computadorizadas são usados para detectar deficiências cognitivas como TDAHAlzheimer, Dislexia, DiscalculiaDepressão e Autismo. Também oferecemos programas de treinamento, reabilitação e estimulação para queixas de memória.

 

Comments are closed.