Alzheimer

O que é a doença de Alzheimer?

Doença de Alzheimer é a forma mais comum de demência neurodegenerativa em pessoas de idade. transtorno comprotimento cognitivo leve 3 Em psicopatologia, o declínio cognitivo global é chamado de demência. A palavra demência é de origem latina (dementia) e significa, genericamente, qualquer deterioração mental. É um conceito amplo que inclui deterioração das habilidades intelectuais, da memória, da orientação, do pensamento e do comportamento. Essa deterioração representa um declínio das funções cognitivas adquiridas anteriormente. Em outras palavras, as demências caracterizam-se por apresentarem múltiplos déficits cognitivos, em especial, déficit de memória, devido a problemas orgânicos, tóxicos ou por múltiplas etiologias. Esse déficit compromete o funcionamento ocupacional, social, educacional e representa um declínio significativo em relação a um estado anterior de funcionamento do sujeito.

As possíveis causas de demência incluem agentes tóxicos (por ex: os metais pesados e o álcool); deficiência nutricional (vitamina B12, ácido fólico, niacina e tiamina), depressão, distúrbios endócrinos (tireoides); doenças infecciosas (AIDS, neurosífilis, etc.); doenças inflamatórias, hidrocefalia e processos expansivos (tumores, abscessos, hematoma subdural). As formas mais frequentes de demência são: Doença de Alzheimer, Demência vascular, Demência de Corpos de Lewy e Demência Frontotemporal.